ALERTA: Epidemia Novo Vírus! As mães precisam de saber destes sintomas, antes que seja tarde!

Ao chegar o frio, constipações e doenças infecciosas acabam por surgir com maior frequência.

E as escolas, creches e jardins da infância são lugares muito prováveis de infecções.

Apesar de muitas delas terem sido vacinadas contra a maioria das doenças, e de alguns pais já terem sido vacinados contra o vírus da influenza, os vírus mutantes de doenças infecciosas alteram-se constantemente e infetam da mesma forma.

Este ano, os médicos descobriram uma doença causada por um vírus extremamente estável, a Estomatite enteroviral vesicular com exantema, também conhecida como «Doença da Mão-Pé-e-Boca» (HFMD), que começou a progredir rapidamente nos últimos tempos.Os especialistas previram que neste ano possa bater o recorde do número de casos desta doença.Os sintomas do vírus são muito parecidos com os de uma constipação, com temperatura alta e dores de garganta.

Além disso, aparecem pequenas manchas que coçam nas palmas das mãos, nas plantas dos pés e dentro da boca da pessoa infetada. Em alguns casos mais raros, estas feridas podem aparecer noutras partes do corpo, até mesmo nos órgãos genitais.

E porque é que este vírus se espalhou tanto?

O problema é que a doença é altamente infecciosa e pode ser passada com facilidade de uma pessoa infetada para outra, quando há contato com saliva ou muco.

Isto significa que o vírus pode ser transmissível através do espilro, do beijo, ou até mesmo de um simples aperto de mão.Este é o motivo desta doença se espalhar rapidamente nas pré escolas, onde as crianças estão geralmente cobertas por saliva ou lágrimas.

É bem comum acontecer em Escolas e Faculdades, onde os alunos partilham comida e bebidas. A doença também pode afetar pessoas com o sistema imunológico fraco. Por isso, pessoas mais velhas são bastante vulneráveis.Apesar do facto do vírus ter uma aparência bizarra, não é perigoso.

Normalmente, o organismo precisa de 1 ou 2 semanas para eliminar a doença por si só.

Claro, que ao sinal dos primeiros sintomas, precisa de consultar um médico para obter um diagnóstico mais preciso e para saber qual a terapia antiviral a ser usada. Em complemento, deverá ficar em casa até recuperar totalmente e não correr o risco de infetar outras pessoas.

Normalmente, os sintomas do vírus não são muito perceptíveis. Mas este também pode levar a complicações mais sérias, principalmente em pessoas com o sistema imunológico fraco.

Em raros casos, a doença pode levar a infecções graves do cérebro, como a meningite e a encefalite.Para evitar esta doença, mantenha as regras de higiene pessoal. Verifique se as crianças lavaram as mãos antes de comer ou depois de terem visitado locais públicos.

Se contrair a doença, procure um médico e beba bastantes líquidos, mesmo que sinta dor ao engolir por causa das feridas.

Para proteger as pessoas próximas desta doença, partilhe com eles esta informação importante.

Cuide-se e seja saudável!