Menina 12 Anos Chega Grávida Ao Hospital Acompanhada Por Marido De 40 Anos E Sogra Com História Mirabolante De Idades…

AVISO: conteúdo angustiante: A polícia suspeita que esta menina foi raptada e vendida como noiva estrangeira!

Um homem na China foi preso após levar a sua “esposa” grávida a um Hospital, e os médicos terem detetado que a criança não tinha mais de 12 anos.

A jovem, que não foi identificada, estava acompanhada pelo homem de 40 anos de idade, e outra mulher que dizia ser a sua sogra.

Os três chegaram ao Hospital Central Xuzhou City, na província de Jiangsu – China, alegando que a menina estava grávida de três meses e que ela precisava de um teste de rotina para confirmar que o feto era saudável. O marido e a sogra disseram que a menina tinha 20 anos, mas os médicos imediatamente alertaram as autoridades locais quando notaram que a jovem paciente para mais uma menina em idade escolar do que uma “mulher”.pay-asiawire_underagewife_01Os médicos tentaram questionar a menina não conseguindo obter nenhuma resposta, a criança não dizia uma palavra de mandarim.

Um médicos disse: “É óbvio que ela é apenas uma criança, e nem está perto dos 20 anos de idade.”pay-asiawire_underagewife_03

As suspeitas irritaram o marido, que disse: ” Eu trouxe-a para ser examinada, basta fazerem o vosso trabalho e pararem de fazer tantas perguntas!”

Após chegada da polícia, descobriram que a menina não possui identificação chinesa e concluíram que é estrangeira do sudeste asiático, mas as suas origens exatas ainda não são claras.

Os detetives suspeitam que foi sequestrada ou comprada como uma noiva estrangeira, os chineses têm grande histórico de compra de noivas vietnamitas, na fronteira sul do país.Estão em curso várias investigações para determinar os fatos concretos. pay-asiawire_underagewife_02

Em Abril, um perturbador vídeo perturbador foi publicado por uma instituição de caridade, onde uma menina de cinco anos de idade casa com um menino.

Ela é vista vestida com um vestido de noiva Hindu vermelho e é forçada a caminhar ao redor do fogo com o seu noivo, um menino de 11 anos de idade. A menina chora em voz alta, mas é obrigada por um homem a completar o ritual de casamento hindu, que envolve a caminhar ao redor do fogo sete vezes.

Comentando este incidente, a ativista dos direitos da criança Kriti Bharti – 28 anos, fundadora da Saarthi Trust, uma instituição de caridade para o bem-estar das noivas-crianças e outras crianças vulneráveis disse: “O meu coração está com estas pequenas crianças presas nesta tragédia.”

A idade legal para meninas e meninos casar na Índia é de 18 e 21, respetivamente, mas segundo a UNICEF, a Índia é o lar de um terço do total de noivas-crianças do mundo.